Metalúrgicos e metalúrgicas da CUT vão realizar 10º Congresso

A Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) dá início nesta  segunda-feira (20), em Guarulhos (SP), ao seu 10º Congresso que tem como bandeira de luta: “Lula Livre! Democracia, Nenhum Direito a menos, Soberania Nacional e Liberdade Sindical”. O evento acontece entre os dias 20 a 24 de maio, em Guarulhos (SP) e reunirá delegados e delegadas de sindicatos de metalúrgicos filiados de todo o Brasil, além convidados de entidades internacionais de todos os continentes.

Durante os cinco dias, os participantes debaterão a conjuntura político-econômica do país, os desafios das organizações sindicais, propostas para reconstrução do movimento sindical, a situação da indústria metalúrgica e dos trabalhadores de todos os segmentos do ramo.

“O Congresso da CNM/CUT ocorre em um momento histórico para o nosso país, após um ato gigantesco da educação, que foi também um ato de luta da classe trabalhadora”, destacou o presidente da Confederação, Paulo Cayres.

O dirigente lembrou que a atividade aponta para a greve geral do dia 14 de junho. “Os delegados vão voltar para seus estados alinhados no discurso para a realização da greve geral contra a reforma da Previdência e em defesa da nossa aposentadoria”.

Cayres também destacou uma das principais bandeiras do Congresso: Lula Livre. “Não podemos esquecer nunca que nosso principal dirigente é metalúrgico, um dos homens mais influentes do mundo que está preso de forma injusta, sem crime e sem provas. Vamos fazer mutirões de Lula Livre pelo Brasil, junto aos movimentos sociais e outros setores”.

Instância máxima de deliberação da entidade, o Congresso também vai definir um plano de lutas que norteará as políticas e bandeiras do ramo metalúrgico cutista para os próximos quatro anos e também eleger a nova direção da CNM/CUT.

Eventos preparatórios
Como preparação ao Congresso serão realizadas três outras atividades nos dias 20 e 21. A 4ª Conferência Nacional de Mulheres Metalúrgicas da CUT abre a programação na manhã da segunda-feira (20), discutindo o Feminicídio e pelo direito à vida das mulheres.

Pela tarde, as atividades continuam com a 1ª Conferência Nacional de Igualdade Racial, em homenagem a vereadora Marielle Franco, e tem como tema “Por um Estado democrático de direito e contra o genocídio da população negra”.

Na terça-feira (21), representantes dos trabalhadores em todo o mundo participam do Seminário Internacional, que irá debater o sindicalismo internacionalista em defesa da autodeterminação dos povos.

Serviço
10º Congresso Nacional dos Metalúrgicos e Metalúrgicas da CUT
Solenidade de abertura: 21/05, às 19h30.
Dias: 21 a 24

4º Conferência de Mulheres Metalúrgicas da CUT
Dia: 20/05
Horário: 9h às 13h

1ª Conferência Nacional de Igualdade Racial
Dia: 20/05
Horário: 14h às 18h

Seminário Internacional
Dia: 21/05
Horário: 8h30 às 16h

Local: Hotel Mônaco,  Rua Diogo Farias, 137, Guarulhos (SP).

 

Fonte: CNM/CUT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + seis =

Whatsapp