Há 10 anos, TVT leva aos trabalhadores informação que não tem nos outros canais

Sem ambiente para festa num país que já perdeu mais de 115 mil vidas para a pandemia de covid-19, a TVT registra seus 10 anos de luta pela democratização do acesso à informação

Sem ambiente para festa num país que já perdeu mais de 115 mil vidas para a pandemia de covid-19, a TVT completou neste domingo 10 anos de história. A primeira transmissão foi ao ar em 23 de agosto de 2010. O primeiro canal aberto outorgado a um entidade de trabalhadores iniciou sua batalha por um lugar no espectro de canais da televisão brasileira em 1986. Na ocasião, a TV dos Trabalhadores, do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema, já possuía um acervo respeitável de vídeos que compunham quase uma década de registros das lutas populares que poriam fim à ditadura e conduziriam o país a uma retomada democrática. A concessão do canal viria 14 anos depois. A poucos meses do fim de um de ciclo de oitos anos de Luiz Inácio Lula da Silva na Presidência da República.

A retomada democrática foi interrompida bruscamente com o golpe de 2016. Mas a batalha pela democratização – da comunicação e do país – continua. A edição Seu Jornal de segunda-feira (24) traz uma reportagem que relembra esses 10 anos de batalhas para a consolidação da TVT. A ousadia dos metalúrgicos do ABC, a parceria com o Sindicato dos Bancários de São Paulo, o apoio de entidades como a Apeoesp (o sindicato dos professores da rede pública estadual paulista, a chegada do Brasil de Fato ao projeto – que conta ainda com a Rádio Brasil Atual e o portal RBA. Além de ser vista pelo canal digital 44.1 na Grande São Paulo, a produção da emissora pode ser encontrada também no canal do YouTube – que está perto de alcançar meio milhão de inscritos.

Bolsonaro: por quê?

Acompanhe a seguir a reportagem do Seu Jornal desta segunda-feira. Se quiser assistir à edição inteira, clique aqui. A edição começou, inclusive, com uma pergunta que não quer calar: “Presidente Bolsonaro, por que sua mulher Michele Bolsonaro recebeu R$ 89 mil do Queiroz?”

 

 

 

Fonte: Rede Brasil Atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 − três =

Whatsapp