Comunicação do STIMMMESL é destaque em reunião do Coletivo da CNM/CUT

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Leopoldo e Região (STIMMMESL) coordenou a reunião do Coletivo de Comunicação da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) na noite desta segunda-feira (4). Além da equipe de comunicação da entidade, o encontro contou com a participação do Secretário de Comunicação da CUT-RS, Ademir Wiederkehr.

Abrindo a reunião, o secretário de Comunicação da Confederação, Heraldo da Silva Ferreira falou sobre o novo formato do Coletivo, onde a cada 15 dias, um sindicato filiado coordena o encontro e apresenta a sua realidade no setor. “Esses encontros são muito importantes para nos conhecermos, aprendermos um com o outro e fortalecermos a nossa comunicação”, salientou Heraldo.

Abordando a importância da conexão da comunicação das CUTs estaduais com os sindicatos, Ademir apresentou a trabalho que vem desenvolvendo frente a comunicação da Central no RS e a necessidade dos sindicatos trabalharem em rede para potencializar o setor.

De acordo com ele, é impossível uma entidade fazer comunicação sozinha. “Além disso, os sindicatos precisam estar nas ruas, nas portas de fábricas e nas redes”, disse ao salientar a necessidade do movimento sindical investir nas redes sociais para dialogar com o maior número de pessoas.

Após, o secretário de Comunicação do STIMMMESL, Genilso Vargas da Rosa e o futuro secretário da pasta Alexandre Rosa da Rocha, falaram sobre a política de comunicação do Sindicato. Genilso defendeu que a comunicação se fez ainda mais importante durante a pandemia do covid-19. “Nossa trabalho não parou e tivemos que nos reinventar para dialogar com os trabalhadores e para isso, pensar novas formas de comunicação foi fundamental”, disse ele.

Já Alexandre, falou sobre as expectativas e projetos para o mandato que inicia no próximo dia 12. “Entre outras coisas, iremos investir ainda mais nas redes sociais, pretendemos criar um aplicativo para estarmos ainda mais próximos dos trabalhadores e aumentar o nosso quadro de associados. Tudo isso passa por uma comunicação forte e estruturada”, disse ele que contou que a base da entidade abrange oito municípios e mais de 16 mil trabalhadores.

Em seguida, a jornalista do Sindicato, Renata Machado e o fotógrafo e social media, Israel Bento Gonçalves apresentaram a estrutura do setor de comunicação. O site, o jornal mensal A Marreta, as redes sociais e a produção de conteúdo para esses veículos foram destaque na apresentação. Os profissionais falaram também sobre os principais desafios da comunicação no STIMMMESL e dos projetos que serão lançados ainda este ano.

A próxima reunião do Coletivo de Comunicação da CNM/CUT acontece no dia 18 de abril, às 18h, via zoom.

Fonte: STIMMMESL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Whatsapp