Entidades da região planejam criar Comitê contra a Reforma da Previdência

Representantes de sindicatos, movimentos sociais, partidos políticos e vereadores da região do Vale dos Sinos se reuniram na manhã desta sexta-feira (03), na sede do Sindicato, para debater a criação do Comitê Sindical e Popular contra a Reforma da Previdência. O objetivo do Comitê é barrar a proposta da PEC 287/16, que prevê a reforma previdenciária do presidente ilegítimo Michel Temer (PMDB), que entre outros absurdos determina 49 anos de contribuição e idade mínima de 65 anos, para homens e mulheres, se aposentarem.

 

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Leopoldo e Região, Valmir Lodi, destacou a importância da atividade para unificar as entidades locais. “Precisamos pensar uma agenda comum nas cidades aqui na região e conversamos com a população para esclarecer o que está por trás da Reforma da Previdência”, afirmou.

 

Durante a reunião foi apresentada a campanha da CNM/CUT contra a reforma, composta por materiais gráficos, vídeos e áudios. O secretário geral da Confederação, Loricardo de Oliveira, mostrou as peças e contou que o material já foi mostrado numa reunião de direção ampliada, para diretores de todo o país. “A nossa ideia é massificar e unificar com o movimento social e sindical, pois precisamos esclarecer as mentiras contadas na campanha do governo”, declarou ele.

 

Greve geral

“As ações do comitê também serão importantes para preparar a greve geral”, acredita o secretário de Meio Ambiente da CUT-RS, Paulo Farias, ao falar da importância de conversar com a base, nos locais de trabalho e nos bairros.

 

O diretor executivo da CUT-RS, Marcelo Carlini, lembrou que os professores estão convocando uma greve geral para o dia 15 de março. “Até lá temos que denunciar os golpistas e esclarecer a população sobre a reforma da previdência”, defendeu.

 

Unidade

Segundo o metalúrgico e coordenador da CUT regional Vale dos Sinos, Mauri Schorn, nos próximos dias será feita uma reunião com as entidades em Sapiranga, com o objetivo de ampliar o Comitê.

 

No próximo dia 10, será realizada uma plenária de mobilização para planejar o lançamento oficial do Comitê.

 

Fonte: STIMMMESL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + treze =

Whatsapp