Brasil se aproxima de 130 mil óbitos por covid-19 e taxa de contágio volta a subir

Segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde, o total de mortes causadas pela covid-19 até esta quinta-feira (10) no Brasil chegou a 129.552. Nas 24 horas desde a quarta-feira (9) foram confirmados 983 novos óbitos de pacientes infectados pelo coronavírus. Os resultados vêm apresentando queda nos últimos dias em relação à períodos anteriores, mas há sinais de que as taxas de transmissão voltaram a crescer no país.

Relatório do Imperial College de Londres, indica que o ritmo de contágio  do coronavírus no Brasil aumentou entra a última semana de agosto a primeira de setembro. A instituição, que monitora o avanço da pandemia no mundo todo, observou que até o último dia 6 a chamada taxa RT do país voltou a ficar em 1. No período anterior, o índice estava em 0,94, o que indicava desaceleração no crescimento de contaminados.

O resultado atual significa que cada 100 contaminados têm potencial de infectar outras 100 pessoas. A conclusão é de que o avanço do coronavírus no Brasil está em patamar de crescimento, mesmo que estável. Embora a situação não seja considerada descontrole na propagação, as flutuações semanais no índice brasileiro mostram que o país não consegue manter estabilidade na queda de casos.

Ainda de acordo com o Conass, a covid-19 já infectou 4.238.446 pessoas em território nacional. Entre quarta (9) e quinta-feira (10), 40.557 pacientes receberam a confirmação de que estão contaminados. Em 16 estados e no Distrito Federal, já foram identificados mais de 100 mil casos da doença. O número corresponde a cerca de 62% das unidades da federação do Brasil.

O que é o novo coronavírus?

Trata-se de uma extensa família de vírus causadores de doenças tanto em animais como em humanos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), em humanos, os vários tipos de vírus podem provocar infecções respiratórias que vão de resfriados comuns, como a síndrome respiratório do Oriente Médio (MERS), a crises mais graves, como a Síndrome Respiratória Aguda severa (SRAS). O coronavírus descoberto mais recentemente causa a doença covid-19.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo. A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

 

Fonte: Brasil de Fato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − 2 =

Whatsapp