Inadimplência bate recorde e atinge 63,27 milhões de brasileiros

Quatro em cada dez brasileiros adultos (39,17%), ou 63,27 milhões de pessoas estavam negativadas em julho de 2022, crescimento de 16,50% em relação ao mesmo período de 2021, segundo levantamento da  Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), divulgados nesta segunda-feira (22).

Este é maior índice de inadimplência apontado pela série histórica do levantamento, realizado há oito anos. No último mês, o volume de consumidores com contas atrasadas cresceu 8,70% em relação ao mesmo período do ano anterior.

E a expectativa é de que o cenário de crescimento da inadimplência se mantenha no país por algumas razões, entre elas, a inflação alta, a economia paralisada e a queda da renda constatada pelo Instituto Brasileiro de Gegografia e Estatística (IBGE), que aponta também crescimento de emprego sem direitos e informalidade.

De acordo com a pesquisa CNDL/SPC Brasil, o tempo de inadimplência aumentou de 91 dias para 1 ano (36,19%).

Cresceram as inclusões de novos devedores, a maioria na faixa etária de 30 a 39 anos (24,03%). São 15,72 milhões de pessoas nesta faixa etária registradas em cadastro de devedores, o que equivale a 45,96% do total.

Em julho de 2022, cada consumidor negativado devia, em média, R$ 3.638,22 na soma de todas as dívidas para diversas empresas.

Quase quatro em cada dez consumidores (34,51%) tinham dívidas de até R$ 500, percentual que chega a 49,35% se somadas as dívidas de R$ 500 a R$ 1.000.

REPRODUÇÃOReprodução

Do total de inadimplentes, 50,84% eram mulheres e 49,16%, homens.

Para quem mais devem os brasileiros 

O levantamento constatou um aumento de 30,19% nas dívidas com os bancos;

Em segundo lugar, estão as dívidas com água e Luz (7,20%).

Já as dívidas com o setor credor de Comunicação (-10,34%) e Comércio (-3,27%) apresentaram queda no total de dívidas em atraso.

 

Fonte: CUT Nacional

Foto: ROBERTO PARIZOTTI (SAPÃO)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − três =

Whatsapp