Trabalhadores aprovam pauta entregue aos representantes patronais

"Após a assembleia de aprovação de pauta que foi no dia 24 de junho, onde os trabalhadores aprovaram por unanimidade, a pauta que foi entregue aos representantes patronais em 29 de junho", disse a diretora de comunicação do Sindicato, Shirley Cruz.

Segundo Shirley, as mobilizações começaram sem que houvesse atrasos na produção. "No primeiro momento não fizemos as paralisações. Mas com o decorrer das negociações iremos ver como serão as próximas assembléias", afirmou. Os trabalhadores vêm demonstrando a vontade de alcançar bons índices econômicos e avanços nas cláusulas sociais, que são a cada assembléia explicada e pautada pela diretoria do sindicato.

 

 

Algumas das cláusulas que o sindicato reivindica são: – 10% de reajuste nos salários – 14% nos pisos de nossa categoria que hoje são para empresas com mais de 50 trabalhadores de R$ 618,00 e R$ 590,00 para empresas com menos de 50 trabalhadores – Horas extras: as duas primeiras horas extras com adicional de 75% e as demais 125% – Quinquênio passe a ser triênio – Mudar a data base para 1º de setembro – Garantia ao emprego ao aposentando – Ratificar a convenção 158 da OIT (contra a demissão imotivada) – Ampliar o auxilio creche para 36 meses e estabelecer o valor relativo a 30% do piso maior de nossa categoria – Manter as cláusulas já aprovadas nos anos anteriores entre outras claúsulas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − um =