Empresa Duratex demite cerca de 500 funcionários e fecha fábrica em São Leopoldo

Cerca de 500 funcionários da empresa Duratex foram demitidos na manhã desta segunda-feira. A unidade, localizada em São Leopoldo, produz, entre seus produtos, equipamentos, louças e revestimentos da marca Deca. A planta produzia cerca de 1,4 milhão de peças anualmente na fábrica localizada na avenida das Indústrias.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Vidros (STIVIDRO/RS), a empresa não informou em nenhum momento que iria fechar as portas. Ainda segundo os trabalhadores, os funcionários foram pegos de surpresa ao serem impedidos de ingressar na empresa na manhã desta segunda-feira.

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi se manifestou sobre as demissões no Twitter.

 

Integrantes da diretoria do sindicato estão no local tentando negociar a manutenção dos empregos. Em nota, a Duratex confirmou o fechamento da unidade de São Leopoldo. A empresa disse que a escolha pelo fechamento dessa fábrica se deu pela reduzida capacidade instalada. Informou ainda que o volume de produção será redistribuído entre as outras quatro unidades de louças da Deca – João Pessoa (PB), Cabo de Santo Agostinho (PE), Queimados (RJ) e Jundiaí (SP).

Confirma a íntegra da nota enviada pela Duratex:

“A Duratex esclarece que o fechamento da unidade industrial de louças na cidade de São Leopoldo é importante para a consolidação industrial e para manter a competitividade no segmento. A escolha desta unidade se deu pela sua reduzida capacidade instalada. O volume de produção será redistribuído entre as outras quatro unidades de louças da Deca – João Pessoa (PB), Cabo de Santo Agostinho (PE), Queimados (RJ) e Jundiaí (SP) –, mantendo o pleno atendimento para todos os nossos clientes”.

 

Fonte: Rádio Guaíba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =