Cúpula do Clima: “Vocês roubaram meus sonhos e infância”, diz Greta Thunberg

Adolescente sueca acusou os líderes mundiais de terem traído sua geração através da falta de ação diante do aquecimento global

A adolescente ativista Greta Thunberg se dirigiu ao plenário da cúpula do clima na ONU na segunda-feira (23) e acusou os líderes mundiais de terem traído sua geração através da falta de ação diante do aquecimento global. A Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU) começou no sábado (21) , com a presença de ao menos 500 jovens para discutir o futuro do planeta. Uma delas é a ativista sueca, de 16 anos, que velejou do Reino Unido a Nova York para discursar na abertura do encontro.

— Vocês vêm até nós, os jovens, em busca de esperança. Como ousam? — criticou. — Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias, mas eu sou uma sortuda. Pessoas estão sofrendo, pessoas estão morrendo, ecossistemas inteiros estão entrando em colapso — acusou.

Disse ainda, com a voz trêmula, ao ler seu discurso:

— Eu não deveria estar aqui, deveria estar na escola, do outro lado do oceano. Mas os jovens estão começando a entender a traição de vocês.

A brasileira Paloma Costa Oliveira, 27 anos, foi convidada pela ONU para compor a mesa de abertura junto ao secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, e à adolescente sueca Greta Thunberg, que criou as greves estudantis pelo clima.

Ambientalista e estudante de Direito da Universidade de Brasília, Paloma é coordenadora de clima da ONG Engajamundo, formada exclusivamente por jovens de até 29 anos e voltada à capacitação para o ativismo climático.

A Cupula foi organizada por Autoridades da Organização das Nações Unidas (ONU) e recebeu a partir do dia 21/09 representantes de 60 países em Nova York. Segunda-feira foi considerado o dia de encerramento e contou com outras falas além do discurso da ativista sueca.  O secretário-geral da ONU, António Guterres, discursa na abertura da cúpula do clima na ONU, em Nova York.

O presidente da França, Emmanuel Macron, falou brevemente sobre a atuação do Brasil na defesa do meio ambiente. O mandatário francês citou o Brasil como um risco e lamentou a ausência de representantes brasileiros no encontro. Na reunião, Macron anunciou a liberação de cerca de US$ 500 milhões em ajuda financeira para proteção de florestas tropicais, inclusive a Amazônia.

O presidente da França, Emmanuel Macron, na cúpula do clima da ONU, em 23 de setembro de 2019
O papa Francisco disse que os compromissos globais para combater a crise climática “ainda são muito frouxos” e questionou se há uma “verdadeira vontade política” para responder à emergência do clima. O pontífice participou por videoconferência na Cúpula do Clima, que acontece em Nova York nesta segunda-feira (23), mas sua mensagem foi interrompida por problemas técnicos.
Papa Francisco participa por videoconferência de Cúpula do Clima da ONU.

 Donald Trump, chegou de surpresa no auditório da ONU onde aconteceu a Cúpula do Clima na segunda. Trump não havia confirmado presença anteriormente. Sua ausência era um dos pontos mais comentados na reunião, convocada pelo secretário-geral da ONU, António Guterres. Trump chegou durante o discurso do primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e ouviu a fala da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, antes de deixar o auditório.

Presidente americano Donald Trump aparece de surpresa na Cúpula do Clima da ONU, em Nova York, nesta segunda (23).

No discurso de abertura do encontro, o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres disse que “estamos perdendo a corrida da emergência climática, mas ainda podemos vencê-la”. Ativistas que cobram mais ações de políticos americanos para combater as mudanças climáticas, interditaram ruas importantes da capital dos Estados Unidos na segunda, chamando atenção para a cúpula do clima.

Manifestantes fecham o trânsito em Washington em protesto por ações contra o aquecimento global

Link para a fala de Greta: https://www.youtube.com/watch?v=Re1Srw1WO0g

Fontes: G1, El pais e Poder 360.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − quatro =