Brasil completa 20 dias com média de mortes por covid acima de mil

Ontem (9), o Brasil chegou ao vigésimo dia consecutivo com média móvel de óbitos por causa da covid-19 superior a 1 mil. É o segundo período mais longo com registros consecutivos acima desse patamar. O recorde ocorreu entre julho e agosto, quando o cenário durou um mês.

A média móvel é calculada a partir da soma de todos os registros dos últimos dias, dividida por sete. Neste período inicial do ano, esse resultado deu um salto considerável. Em primeiro de janeiro a conta fechou em 701. Duas semanas depois, já era superior a 1 mil.

Já o resultado da média móvel de novos casos vem caindo desde de 31 de janeiro e há uma semana passou a apresentar níveis abaixo de 50 mil. Esse patamar recorde foi alcançado pela primeira vez em 9 de janeiro e mantido por três semanas seguidas.

Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Segundo o levantamento mais recente da entidade, o Brasil já registrou mais de 233 mil casos fatais da covid-19. Só nesta terça-feira (9), foram 1.350 confirmações de óbitos.

No mesmo período, o país registrou 51.486 novos contaminados pelo coronavírus. A soma de todos os casos relatados desde o primeiro registro é de 9.599.565.

Saiba o que é o novo coronavírus

É uma vasta família de vírus que provocam enfermidades em humanos e também em animais.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que tais vírus podem ocasionar, em humanos, infecções respiratórias como resfriados, entre eles a chamada “síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS)”.

Também pode provocar afetações mais graves, como é o caso da Síndrome Respiratória Aguda Severa (SRAS).

A covid-19, descoberta pela ciência mais recentemente, entre o final de 2019 e o início de 2020, é provocada pelo que se convencionou chamar de novo coronavírus.

Como ajudar quem precisa?

A campanha “Vamos precisar de todo mundo” é uma ação de solidariedade articulada pela Frente Brasil Popular e pela Frente Povo Sem Medo.

A plataforma foi criada para ajudar pessoas impactadas pela pandemia da covid-19. De acordo com os organizadores, o objetivo é dar visibilidade e fortalecer as iniciativas populares de cooperação.

Fonte: Brasil de Fato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − um =

Whatsapp