Para presidente da CNM/CUT, luta pelo emprego é a principal pauta

O presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT), Paulo Cayres, defendeu, em artigo divulgado nesta sexta-feira, 23, que o principal foco da luta do movimento sindical seja pela garantia de emprego.

Para ele, os metalúrgicos do ABC (SP) deram o tom de como esta luta deve ser levada, com a greve na Volswagen e a mobilização da categoria. "O recado é: demitiu, parou", destacou o dirigente no texto. Para Cayres, a defesa do emprego deve ser feita em todos os níveis, desde a organização no chão das fábricas até o debate com o governo.

O presidente da Confederação considera que é preciso assegurar a implantação de um sistema de proteção ao emprego, que não retire direitos e que preserve salários. "Sabemos que é o salário que faz a economia girar e que a manutenção do emprego dá a segurança necessária para o trabalhador consumir e, assim, contribuir para que a atividade produtiva continue aquecida", considerou.

Fonte: Assessoria de Imprensa da CNM/CUT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − três =