Sindicato participa de audiência pública da Câmara Temática de Desenvolvimento Industrial

Na noite de segunda-feira (10), o Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de São Leopoldo e Região (STIMMMESL) participou da audiência pública sobre a Câmara Temática de Desenvolvimento Industrial, realizada na Câmara de Vereadores. Com diversas autoridades presentes, ligadas ao poder público municipal, Unisinos, Instituto Federal (IFSUL), empresários e trabalhadores dos setores industriais da cidade, o evento provocou inúmeras reflexões sobre o futuro da indústria, através da educação, produção de empregos e novas tecnologias para o setor.

“Busco debater e contribuir com o desenvolvimento da cidade com as bandeiras do trabalho e do ensino técnico qualificado. Esta Câmara Temática é fundamental para retomar o protagonismo da cidade e trazer desenvolvimento para o futuro”, disse o vereador proponente, Gilmar Pinto (PDT).

Assessor de planejamento do gabinete do prefeito Ary Vanazzi e coordenador da Câmara, Nelsinho Metalúrgico, destacou a importância do espaço frente a deterioração econômica e do setor nos últimos anos “é necessário apresentar propostas, construir movimento com todos os segmentos da nossa sociedade.”

A secretaria de educação do município destacou os investimentos em qualificação profissional dos professores para a construção do indivíduo como sujeito que precisa saber se relacionar com o todo com habilidades sociais e profissionais. Apesar de a rede municipal não preparar especificamente para o mercado de trabalho, pois é no ensino médio que há maior foco profissional.

O representante do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Metal Elétrico e Eletrônico de São Leopoldo, Valmir Pizzutti, destacou todo o trabalho que a Câmara tem pela frente “O que mais a indústria precisa é de trabalhador qualificado para o fortalecimento do setor”, reforçando a presença da Unisinos, Carlos Alberto Diehl, professor da universidade e André Capelão, representando o IFSUL.

Já o secretário de Finanças do STIMMMESL, Genilso Vargas afirmou que o setor tem grande importância na economia. “O desafio era buscar mais postos de trabalho, por isso, a relação com o sindicato patronal que a Câmara está promovendo é tão importante para o futuro da cidade”, disse.

“A Unisinos é comprometida com o desenvolvimento de São Leopoldo, por isso, entendemos que o desenvolvimento acontece de uma forma sustentável se for feito com base em ciência, fatos e dados e nosso papel nesta iniciativa é trazer isso”, disse o professor, pesquisador e representante da Unisinos, Carlos Alberto Diehl.

Gilmar encerrou a audiência dizendo “como trabalhista e representante do Movimento de Cultura Darcy Ribeiro dedico o mandato a todas as ações em defesa da qualificação do ensino para que possamos ter o jovem de hoje um cidadão autônomo no futuro próximo”.

 

 

Fonte: STIMMMESL com informações da Câmara de Vereadores de SL

Foto: Câmara de Vereadores de SL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − quinze =