20 de Novembro, Dia da Consciência Negra

O Dia da Consciência Negra é comemorado hoje em todo o país. A data é uma homenagem ao Zumbi dos Palmares, um pernambucano que nasceu livre, mas foi escravizado aos seis anos de idade. Mais tarde ele voltaria para sua terra natal e seria líder do Quilombo dos Palmares. Zumbi morreu em 20 de novembro de 1695.


O objetivo do Dia da Consciência Negra é fazer uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana no Brasil. Também serve para analisarmos o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade cultural
brasileira. A música, a política, a religião e a gastronomia entre várias outras áreas foram profundamente influenciadas pela cultura negra. Este é um dia de comemorar e valorizar a cultura afro-brasileira. No Rio Grande do Sul segundo a Lei Estadual nº 8.352 o dia 20 é feriado facultativo para todos os municípios.

Os índices de desigualdade racial são preocupantes e mostram que, mesmo sendo um país miscigenado o Brasil mantém o preconceito. Segundo o IBGE, mais da metade da população brasileira (54%) é de pretos ou pardos, sendo que a cada dez pessoas, três são mulheres negras. Entre 2003 e 2013, o número de mulheres negras assassinadas cresceu 54%, ao passo que o índice de feminicídios de brancas caiu 10%. A população negra corresponde a maioria (78,9%) dos 10% dos indivíduos com mais chances de serem vítimas de homicídios. Os negros são 63,7% dos desocupados, o que corresponde a 8,3 milhões de pessoas.

O STIMMME-SL apoia essa causa!

Fonte: Carta Capital e Calendar Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − três =

Whatsapp